SEGURO CYBER 2

Saiba como proteger os dados da sua empresa contra os famosos riscos cibernéticos e suas consequências desagradáveis para o seu negócio e para seus clientes
Segundo pesquisa divulgada pela Kaspersky, empresa internacional de cibersegurança, o Brasil é 4º país mais atacado por hackers no mundo. Esse dado ressalta que a contratação de um Seguro Cyber é de suma importância para a saúde financeira de uma empresa, visto que traz uma camada extra de proteção, com coberturas específicas para diferentes situações em que os dados da empresa são expostos a terceiros.
Somado a isso, está em tramitação pela Câmara dos Deputados a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), que define regras para o uso, proteção e transferência de dados pessoais coletados pelas empresas, trazendo mais controle sobre as informações pessoais: exige consentimento explícito para coleta e uso dos dados, tanto pelo poder público quanto pela iniciativa privada, e exige que as empresas apresentem opções para o usuário visualizar, corrigir e excluir esses dados.
Estão sujeitos às penalidades da lei – que variam de advertências a multas diárias de até R$ 50 milhões – todos negócios que registram informações dos clientes sem sua autorização, ou que os repassem e armazenem sem necessidade comprovada, ou que tenham esses dados vazados de alguma forma. Apesar de ainda precisar ser aprovada e passar pela sanção presidencial, a legislação deverá entrar em vigor em janeiro de 2021.
Como a lei impacta diretamente o meu negócio?
A nova Lei de Proteção de Dados Pessoais vale para qualquer empresa. Toda empresa que de alguma forma colete, armazene e trate informações pessoais de clientes, independente do seu ramo de atuação, porte e/ou faturamento, está sujeito a ela.
Por isso, o nível de exposição da empresa e o eventual vazamento de dados podem comprometer a saúde financeira e continuidade dos seus negócios.
É importante que todo negócio conte com medidas para proteção de dados dos clientes, sendo CPF, RG, números de telefone, endereço entre outros.
Dicas para estar em conformidade com a LGPD
Para se adequar à nova realidade, as empresas precisam realizar uma análise interna de seus processos, sistemas e ferramentas para avaliar como os dados pessoais de seus clientes são tratados, reforçando a proteção com responsabilidade e transparência.
• Identifique onde, como e quando sua empresa faz a coleta de dados de seus clientes.
• Seu negócio online possui Termo de Uso de Termo Confidencialidade atualizados? Sempre solicite ao cliente que aceite tais termos.
• Como é o armazenamento desses dados? São seguros?
• Verifique junto ao responsável pela segurança da informação se todos os programas de antivírus, firewall, navegador e outras ferramentas utilizadas estão atualizados e seguros.
• Quem acessa os dados de clientes? Garanta a qualificação da sua equipe para que todos saibam da responsabilidade e estejam inteirados dos procedimentos de segurança de dados.
• Faça uma análise dos principais riscos de vazamento de dados que sua empresa possa vir a sofrer.
Procurando um time de super especialistas para te ajudar a proteger os seus dados e dos seus clientes? Entre em contato com Gripp!
(35) 2105-8000
0800 031 2105
Gripp Seguros, tranquilidade para você o ano todo!

ARTIGOS RELACIONADOS

  • All
  • Sem categoria

Baixe nosso aplicativo



    1
    Precisa de ajuda?
    Gripp Seguros
    Somos a Gripp seguros, entre em contato conosco para tirar suas dúvidas ou solicitar uma cotação online!